Monday, January 31, 2011

Desafiando a falta de inspiração

Estou bloqueada. Janeiro passou e nada. Tentei escrever várias vezes, mas chegava no meio e não conseguia ir até final. Perguntaram se era felicidade demais. Em partes sim. Tive um fim de ano maravilhoso, estou cada vez mais próxima dos meus amigos e o coração está se ajeitando também. Nada de dramas para despejar em um arquivo em branco.

Pensando bem, ficar sem escrever é um tipo de drama, ou pelo menos é algo que me deixa insatisfeita. É como parar de correr, ou sair da dieta, abandonar o piano. É o meu problema em ir até o final. Porque escrever, além de ser uma forma de me expressar e me conhecer melhor é uma maneira de me aprofundar no exercício da escrita e descobrir a quais caminhos ela pode me levar, o que tem sido muito bom até agora.

Quem sabe se dessa vez eu não passo do enigmático meio que sempre vira final antes da hora?

3 comments:

Babi said...

esses dias me aconteceu o contrário. estava tão triste com as coisas que produzo, sem gostar das minhas fotos, dos meus desenhos, dos meus textos, que comecei a produzir muito, a rodo, mas por desespero. não foi um jeito gostoso de escrever. é preciso que haja prazer. senão não faz sentido.

ah, e respondendo, eu uso uma canon powershot sx1 is. :)

Mariana Gomes Welter said...

Além de todos os talentos que já conheço você também toca piano Caricha? Também senti falta dos seus textos...E concordo que muita felicidade tira a inspiração, pelo menos pra escrita. Mas que bom que você tá feliz! :)

Carina said...

toco mais não, mari... estudei quando criança por 5 anos, mas abandonei...
:)